Gestão de Arquivos

É possível medir o ROI de um sistema de gestão de ativos?

By novembro 21, 2018 No Comments
ROI gestão de ativos

Sua empresa agora conta com um sistema DAM, maravilha! Depois de todo o processo de implementação, treinamento e mudança de hábitos, chegou a hora de ir a fundo e identificar que tipo de retorno o software traz. Para isso, nada mais indicado do que estabelecer metas e medir o ROI da gestão dos seus ativos digitais.

Peraí, mas será que isso é possível?

Antecipando a resposta que virá com mais propriedade mais adiante, SIM! Como em qualquer outra operação, o valor entregue por um sistema dedicado ao digital asset management não só pode, como deve, ser medido. Afinal, o cálculo deste retorno de investimento é uma das maneiras mais assertivas de aprovar orçamentos, garantir resultados e justificar algumas tomadas de decisão.

Ok, sabemos que é possível medir ROI na gestão de ativos. Agora chegou a hora de descobrir como isso é feito de um jeito prático e organizado.

Antes de mergulhar com tudo em uma análise completa sobre o retorno do investimento obtido com o uso de uma solução DAM, é preciso fazer alguns questionamentos básicos, porém importantes.

Em um artigo no LinkedIn, Whitney Harmel compartilha a lista dos principais deles:

  • Quantas pessoas são responsáveis por marketing e branding na sua empresa?
  • Estes profissionais têm acesso às ferramentas essenciais para desempenhar suas funções?
  • Você sabe quais são essas ferramentas essenciais?
  • Como ocorre a comunicação da equipe com pessoas externas?
  • Os ativos são acessados remotamente, por todo o time?
  • O que acontece quando alguém sai de férias?
  • Quanto tempo é perdido para encontrar algum ativo?
  • Quanto tempo leva uma aprovação?
  • Como é feito o controle desses ativos digitais?

Em outras palavras, o que você precisa saber é: quais são os ativos da empresa, quem utiliza esses ativos e onde eles são armazenados. O cálculo do ROI, então, entra em cena para tentar resolver dores relacionadas à falta de controle ou praticidade no contato com esses conteúdos.

Como medir o ROI da gestão de ativos

Um dos primeiros passos para conseguir obter algum tipo de resultado com a medição do ROI de um software de gestão é estabelecer KPIs, os famosos indicadores de desempenho.

Não, não existe uma lista mágica indicando os key performance indicators que você deve utilizar para chegar a essas respostas. Por outro lado, existem alguns pontos-chave a considerar se você quiser determinar quais são os tipos de medidas mais adequados para revelar o real valor de um sistema DAM.

O pessoal da Bynder reuniu algumas dicas de ouro para este fim, que vamos compartilhar com você agora. De início, saiba que existem algumas formas de comprovar o ROI da gestão de ativos. Pergunte-se se o uso do software:

  • Gerou receita?
  • Aumentou a produtividade?
  • Economizou recursos financeiros?
  • Otimizou tempo?
  • Agregou valor e contribuiu para a consistência da marca?

Um “sim”, mesmo que tímido, para uma ou mais dessas perguntas, demonstra que o seu gerenciador de ativos gerou reações positivas na organização. Ponto!

Partindo para a próxima etapa, alguns exemplos de KPIs para medir os resultados da solução automatizada de gestão incluem a porcentagem de colaboradores que utilizam a ferramenta, o número de aprovações semanais de ativos antes e após a instalação, a quantidade de fotos que podem ser reutilizadas por serem mais fáceis de encontrar e o índice de atrasos na entrega de campanhas devido a dificuldades, falhas ou erros.

É claro que um sistema DAM de qualidade não deixará que você faça todo o trabalho sozinho. As melhores versões do mercado contam com funcionalidades que contribuem nesse sentido, preparadas para:

  • Visualizar métricas do sistema em tempo real;
  • Ampla variedade de métricas;
  • Exportar dados para a composição de relatórios avançados;
  • Rastrear ativos, usuários e metadados;
  • Integrar com outros programas e plugins;


Com esse conjunto, ficou quase fácil medir o ROI de um sistema de gestão de ativos digitais!

Brincadeiras à parte, a última dica é contar com o auxílio de uma calculadora de ROI para obter resultados mais abrangentes e estimativas aproximadas.